Revista Internacional de Derecho de la Comunicación y de las Nuevas Tecnologías. ISSN: 1988‐2629

Call for Papers  2020: envíos hasta 30 de noviembre 2019 (número marzo 2020) / envíos hasta 20 de abril 2020 (número septiembre 2020)

Da TV para o tablet: o processo de convergência dos media portugueses no contexto dos dispositivos de informação móveis

15 Jul 2016
7898 veces

Ivo Campos Neto

 

Resumo

O fenómeno da convergência de conteúdos no campo dos media assume-se como um dos ramos de estudo em grande expansão no contexto do jornalismo digital (Jenkins, 2006; Artwick, 2004; Canavilhas, 2012). A necessidade de estudar esta realidade fica mais vincada graças à emergência das novas tecnologias de informação móveis, que se assumem como veículos destinados ao consumo de informação (Westlund, 2010; Peters, 2012). O caráter ubíquo e as potencialidades multimediáticas que os tablets e os smartphones possuem, tornam imperativo um debate que aborde o fenómeno da convergência aplicado a estes dispositivos (Oksman, 2010; Holmes, 2005). Deste modo, foi desenvolvida uma análise a um total de 477 peças informativas, emitidas entre novembro e dezembro de 2012 e disponibilizadas nas aplicações para o iPad da RTP e da TVI 24, em Portugal. Neste trabalho, pretende-se observar o tipo de conteúdos que os dois operadores fornecem num novo paradigma de comunicação marcado pela convergência mediática. Os resultados da investigação sugerem que, apesar de existir uma oferta diversificada de conteúdos, o processo de convergência está ainda numa fase inicial. Não é possível falar de uma nova linguagem informativa, mas antes da remediação de conteúdos a uma nova plataforma de distribuição.

 

Palavras chave

Convergência; smartphones; tablets; multimedialidade; jornalismo digital; TVI e RTP

Valora este artículo
(0 votos)

 

Revista Internacional Online de Derecho de la Comunicación.

Contacto

Para cualquier ampliar información o para anunciarse en nuestra web haga click en CONTACTO

Últimas noticias